TEXTOS

Qual o destino da correria?

E quando menos se espera o relógio já ‘titaqueou’ mais que dá última vez que você parou para reparar.

As folhinhas do calendário voaram em uma velocidade além da permitida, e cá estamos nós, inscritos compulsoriamente na vida de gente grande, maratonista ativo de uma velha corrida desenfreada, cujo destino ninguém conhece, onde cruza a linha de chegada? Aliás, existe uma linha de chegada?

Lutando contra o tempo…

A ordem é correr, não podemos nos dar ao luxo de preocuparmos com os “atropelos”, não há tempo para isso – (Só)corre! Corre você, corre eu, corre o tempo, corremos todos e a vida (es)corre.

Como se tudo o que soubéssemos fazer, fosse correr. Como se nossa ocupação fosse as de um robô de um louco sistema, como se estivéssemos acorrentados nos ponteiros, fadados a correr para o lado oposto. Afinal de contas, para onde vai você?

2 comentários em “Qual o destino da correria?”

  1. E em meio a essa grande “correria”, é importante perceber o momento de desacelerar… E faz parte desse processo, saber onde queremos chegar! 🙂

    Curtir

  2. Nossa tendência é entrar na corrida e lá na frente entre uma respiração e outra se perguntar se realmente vale a pena. Ta aí a importância de conhecer bem nosso propósito de vida, não deixar a vida escorrer. Quem conhece seu propósito, planeja e segue firme em busca de seus objetivos.
    Parabéns pelo texto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s